Projeto REDD+ Resex Rio Preto Jacundá

A Reserva Rio Preto- Jacundá é uma Unidade de Conservação criada na década de 90 para populações de origem seringalista. O Projeto REDD+ tem como foco o investimento na melhoria da qualidade de vida das comunidades e o monitoramento da cobertura florestal e da biodiversidade, visando reduzir impactos sociais e ambientais da região. A RESEX é localizada em uma região de grande pressão para a exploração predatória de recursos naturais e sofrendo de grande carência de serviços públicos básicos, neste contexto, os moradores encontraram na comercialização de serviços ambientais uma solução para o desenvolvimento social e a conservação do seu território.


Localização: Machadinho D’Oeste e Cujubim (Rondônia)

Início do projeto: 1º de outubro de 2012

95.300

hectares


273

espécies de flora
16 estão ameaçados

195

espécies de fauna
14 estão ameaçados


NÍVEL OURO PARA BIODIVERSIDADE (CCBS)

414.290

tCO2eq de emissões reduzidas ao ano


35.398

hectares de desmatamento
evitados em 30 anos

30

famílias tradicionais de origem seringalista impactadas

 

NÍVEL OURO
PARA COMUNIDADE (CCBS)

Os Projetos REDD+ contribuem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU:



PARCEIROS


rioterra.org.br


REGISTRO E DOCUMENTAÇÃO

RESEX Rio Preto-Jacundá VCS ID 1503

ASSISTA O FILME SOBRE O PROJETO REDD+ RESEX RIO PRETO JACUNDÁ

(Inscreva-se no canal da Biofílica Investimentos Ambientais e acompanhe nossos conteúdos)

 
 

Comece agora a fazer a diferença para o planeta e para sua empresa.

Somos uma empresa brasileira focada na conservação de florestas nativas a partir da comercialização de serviços ambientais.

REDES SOCIAIS