txt-consulta-publica-redd-jari-para

O Programa REDD+ Pantanal atua evitando o desmatamento planejado no interior propriedades privadas, no bioma Pantanal, gerando créditos de carbono NbS (Nature-based solutions).

O Programa está localizado nos municípios de Aquidauana, Miranda e Corumbá, no estado de Mato Grosso do Sul, região do pantanal de grande expansão de atividades agropecuárias e altas taxas de incêndios florestais.

REDUÇÃO DO DESMATAMENTO PLANEJADO, PROMOVENDO A CONSERVAÇÃO DO PANTANAL.

Clique no link abaixo, acesse o site da VERRA e deixe o seus comentários sobre o nosso projeto.

START

14/10/2021

MS

Aquidauana, Miranda e Corumbá (Mato Grosso do Sul – MS)

REDUÇÃO DO DESMATAMENTO PLANEJADO, PROMOVENDO A CONSERVAÇÃO DO PANTANAL

O Programa REDD+ Pantanal está localizado nos municípios de Aquidauana, Miranda e Corumbá, no estado de Mato Grosso do Sul, região do pantanal de grande expansão de atividades agropecuárias e altas taxas de incêndios florestais. 

Diante do contexto histórico de desmatamento deste bioma, relacionado à conversão do uso do solo para áreas de pecuária, o Programa REDD+ Pantanal atua para evitar o desmatamento planejado no interior propriedades privadas.

Nesse contexto, o seu objetivo é desenvolver atividades econômicas vinculadas à conservação dos serviços ambientais e das riquezas endêmicas desta região.

Com isso, o Programa atua diretamente na mitigação das mudanças climáticas, reduzindo emissões de GEE causados pelo desmatamento e degradação florestal, gerando créditos de carbono NbS (Nature-based Solutions), além de promover o bem-estar social e a conservação da biodiversidade local.

Para alcançar seus objetivos, o Programa REDD+ Pantanal possui ações para contenção da expansão do desmatamento, prevenção e mitigação do fogo, conservação da biodiversidade e qualidade de vida. Além disso, através de atividades relacionadas à temática de educação ambiental e o fomento a práticas sustentáveis, o Programa dissemina o conhecimento sobre a importância da conservação das florestas e o desenvolvimento econômico sustentável, respeitando as tradições e a cultura pantaneira.

Impacto do Programa REDD+ PANTANAL

icon-mais
0 k
Área total das
propriedades
(9 propriedades)

icon-mais
0
Espécies de flora, sendo 8 ameaçadas de extinção
icon-mais
-5 k
Espécies de fauna, 28 ameaçadas de extinção e 25 são endêmicas
icon-mais
0 M
Toneladas de CO2e potencialmente reduzidas em 20 anos de projeto
icon-mais
0 k
Hectares de desmatamento evitado em 20 anos de projeto

PADRÃO DE CERTIFICAÇÃO

O Programa REDD+ Pantanal está em processo de validação e verificação pelos principais padrões internacionais de certificação de projetos florestais  – VCS e CCB

Co-Benefícios

O Programa REDD+ Pantanal contribui para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas

O Programa REDD+ Pantanal estimula a implantação de meios alternativos de produtos de alimentos naturais nas propriedades. Espera-se promover a agricultura orgânica, que minimiza o uso de agrotóxicos, além de conscientizar os agricultores sobre alternativas mais seguras e métodos integrados de controle de pragas e ofertar incentivos para agricultura de baixo impacto.

Estão previstos treinamentos para os colaboradores das fazendas e suas famílias sobre temas alinhados aos objetivos socioambientais e econômicos das propriedades, visando preservar as florestas e a cultura pantaneira. Espera-se alcançar maior engajamento e senso de responsabilidade dos colaboradores em realizar as atividades do projeto, promovendo os benefícios sociais, ambientais e econômicos previstos para o local.

O Programa REDD+ Pantanal prevê a capacitação de todos os funcionários e empresas terceirizadas envolvidas nas atividades do Programa, acerca da compreensão do tema REDD+, sobre direitos trabalhistas, importância da educação e preservação ambiental e outros temas relevantes para a realidade local. Pretende-se mapear e futuramente implantar fontes de rendas adicionais e alternativas, visando agrupar viabilidade econômica e práticas sustentáveis nas propriedades. Tais ações contribuirão para diversificação da economia e promoção de ações sustentáveis no meio rural e promoção de maior qualidade de vida aos colaboradores das propriedades participantes do Programa REDD+ Pantanal.

Todas as atividades desenvolvidas pelo Programa visam tomar ações para combater as mudanças climáticas e seus impactos e, consequente, redução da degradação ambiental na área do projeto. O Programa REDD+ Pantanal estima impedir a liberação de 4.060.912 tCO2e para a atmosfera durante seu primeiro período de referência (10 anos), através da redução do desmatamento planejado. Além disso, as atividades do projeto contemplam a realização de conversas/workshops sobre a adaptação e/ou preparação para os cenários futuros causados pelas mudanças climáticas, contribuindo com o acesso à educação e conscientização sobre mudança climática e seus riscos.

O Programa REDD+ Pantanal contribui com a conservação da biodiversidade e a manutenção dos serviços ecossistêmicos, ao evitar o desmatamento planejado de fitofisionomias de florestas e savanas florestadas inseridas no bioma do Pantanal. Dentre as atividades destacam-se o monitoramento contínuo da fauna e flora e espécies ameaçadas de extinção e classificadas como Atributos de Alto Valor de Conservação (AAVCs).

O Programa REDD+ Pantanal fomenta a formação de parcerias com instituições públicas e privadas, tendo como objetivo a promoção de atividades econômicas que valorizam a floresta em pé, através da implantação do projeto de carbono na região. Deste modo, o Programa já estabeleceu parceria com o Instituto Taquari Vivo e Associação Aliança 5P, ainda assim, almeja formalizar outras parcerias estratégicas que contribuam para a manutenção e execução das atividades.

escritório

Av. Angelica, 2330
Ed. New England - 5º andar
Higienópolis, São Paulo - SP

IMPRENSA

Envie um e-mail para: comunicacao@biofilica.com.br

Apoiamos empresas rumo ao Net-Zero

Somos uma empresa brasileira focada na conservação de florestas nativas a partir da comercialização de serviços ambientais.