“ACESSO E DISTRUBUIÇÃO DE BENEFÍCIOS DA BIODIVERSIDADE (ABS) NO BRASIL: ANÁLISE ECONOMICA, REGULATÓRIA E DE GOVERNANÇA DO MERCADO DE BIODIVERSIDADE” – 2015


Para conduzir esse estudo uma parceria foi firmada entre três instituições complementares: Biofílica (líder do projetor), Prospectiva e Nascimento e Mourão.

O escopo do estudo foi avaliar o uso da biodiversidade pelo setor privado no Brasil, por meio de análises econômicas e regulatórias. As cadeias produtivas e o uso da biodiversidade foram estudadas em 6 diferentes setores: Energia de biomassa, fibras, alimentos, químicos, farmacêutico e de cosméticos.

Do ponto de vista regulatório, o trabalho avaliou a legislação nacional para identificar as maiores vantagens e desvantagens. Regulamentação internacional também foi acessada e comparada com a nacional para identificar espaços para inovação e encorajar o uso de biodiversidade e de mecanismos de repartição de benefícios.