REDD+ Resex Rio-Preto Jacundá

O projeto REDD+ Resex Rio Preto-Jacundá compreende uma área de 95,3 mil hectares localizada nos municípios de Machadinho D’Oeste e Cujubim, em Rondônia. A floresta está ameaçada por madeireiros ilegais para conversão em pastagens, roçados e plantações.

O Projeto funciona em parceria com a Associação de Moradores da Resex, a Asmorex, para impedir a aproximação de tais atividades predatórias à Resex.

Para isto, a Biofílica, em conjunto com a ONG Rioterra e a SEDAM, desenvolve:


BENEFÍCIOS AO CLIMA

Evitar a emissão de 414 mil tCO2e ao ano ou 12,4 milhões de toneladas de CO2e ao longo de 30 anos.

BENEFÍCIOS À COMUNIDADE

BENEFÍCIOS À BIODIVERSIDADE


Álbum de fotos

  • Rio Machado
  • Sede da ASMOREX (Associação dos moradores da RESEX Rio Preto-Jacundá)
  • Oficina de apresentação do projeto
  • Produção de farinha de mandioca na comunidade
  • Rio Machado
  • Rio Machado
  • Morador extraindo seringa
  • Amostra da rica fauna na área do Projeto
  • Amostra da rica fauna na área do Projeto
  • Moradores da Resex Rio Preto-Jacundá
  • Rio Machado
  • Amostra da rica fauna na área do Projeto
  • Soim Preto na área do Projeto
  • Amostra da rica fauna na área do Projeto
  • Crianças moradoras da Resex Rio Preto-Jacundá
  • Oficina com moradores
  • Oficina com moradores
  • Oficina com moradores
  • Oficina com moradores
  • Oficina com moradores

Parceiros

Logo Asmorex
Logo Hdom
Logo Ipe
Logo Rioterra

Documentos


VCS - Verified Carbon Standard
CCB - The Climate, Community and Biodiversity Standard

Este projeto possui um canal de comunicação.
Para dúvidas, sugestões ou reclamações fale com projetos@biofilica.com.br

[Este projeto não está em período de consulta pública no momento]