“ESTIMULANDO A DEMANDA POR REDUÇÕES DE EMISSÕES DE REDD+ NO BRASIL: A NECESSIDADE DE UMA INTERVENÇÃO ESTRATÉGICA PRÉ 2020” - 2014


Em 2014, a Biofílica desenvolveu um estudo junto com o Interim Forest Finance (IFF) e ao Instituto de Pesquisas Ambientais da Amazônia (IPAM) para analisar a implementação do Mercado Brasileiro de Emissões Reduzidas (MBER) e a demanda por emissões reduzidas de REDD+.

Com relação ao contexto dos acordos internacionais para redução de gases de efeito estufa, o estudo apresentou um panorama geral das emissões de gases de efeito estufa no Brasil e o potencial de financiamento para projetos de REDD+ em 2020, de acordo coma Estratégia Nacional de REDD+ (ENREDD).

O estudo propõe estratégias e ferramentas econômicas para financiar ações de redução de desmatamento no Brasil, focando em projetos de REDD+ e conectando essas ações com emissões reduzidas de outros setores, como a indústria doméstica, com o objetivo de visualizar a viabilidade da implementação do Mercado Brasileiro de Emissões Reduzidas (MBER).

Nesse cenário, o estudo aponta o petencial dos projetos de REDD+, reduzindo emissões, prevenindo, monitorando e evitando o desmatamento, e promovendo a conservação e o uso sustentável do bioma amazônico.

Para acessar o relatório clique aqui.